São 4,4 mil mortes ao ano, taxa de 53,4 mortes a cada 100 mil habitantes.

50701 violento akira onuma arquivo o liberal

O Estado do Pará é o 8º mais violento do País, segundo os dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP). A entidade divulgou na última quinta-feira, 30, a edição especial do Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2018, com análises detalhadas sobre segurança e violência de cada Unidade da federação, e apontou o registro de 4.465 mortes violentas intencionais no Estado, o que corresponde a mais de 12 casos por dia. A taxa corresponde a 53,4 mortes violentas a cada grupo de 100 mil habitantes - aumento de 19,3% em relação a 2014.

Desse total, 3.820 pessoas foram assassinadas em 2017, o que representa um incremento de 13,2% na comparação com o total de 2014. Outras 222 pessoas foram vítimas no ano passado de latrocínio (+19% em relação a 2014) e outras 35 foram vítimas de lesão corporal seguida de morte (+53,5%). Ainda segundo o documento os registros de mortos em ações policiais mais que dobraram (146%) no mesmo período. No total, 388 pessoas foram vítimas de mortes decorrentes de intervenções policiais no ano de 2017. Considerando os quatro anos da análise, foram 1.014 pessoas mortas.

Ao longo do último ano, a pesquisa mostra que 37 policiais foram assassinados no Pará - cerca de três por mês - 35% dos quais em serviço e 65% de folga. Entre 2014 e 2017 a vitimização policial no Estado cresceu 68,2%, de acordo com o levantamento.

Outros recortes do Estado do Pará apontam ainda que 277 mulheres foram vítimas de homicídio em 2017, 37 casos dos quais foram registrados como feminicídio. Houve ampliação de 10% no número de estupros, totalizando no último ano o assustador registro de 3.334 vítimas. De acordo com o FBSP, a população jovem e negra respondeu por 57,7% dos casos de homicídios do Estado - terceiro maior índice de vulnerabilidade juvenil à violência e de desigualdade racial do País.

Quanto aos crimes contra o patrimônio, 39.672 veículos foram furtados ou roubados de 2014 a 2017 - aumento de 56,5% no período, sendo 13.450 veículos subtraídos em 2017. Também constam 131 registros de carga roubada, o que implica a uma elevação de 58% na comparação com 2014.

A Redação via ORM

Mais Acessadas

  • Ordem
  • Título
  • Popular

Ex-marido mata mulher a ...

Em mais um caso de feminicídio, ...

BANDIDOS EXPLODEM CARRO ...

Um carro forte da empresa ...

Filme Praiano tem cenas ...

A produção do filme Praiano da ...

Concursos de Beleza ...

No próximo final de semana dois ...

ASSALTO FRUSTRADO ACABA ...

O Delegado da Polícia Civil no ...

Delegação de Tracuateua ...

A cidade de Igarapé-Açu, no ...

10ª Conferência ...

O Conselho Municipal de Saúde de ...

1ª Plenária Municipal de ...

Acontece em em Tracuateua no dia ...

21 de março - Dia ...

Dentre os 365 dias do ano, o ...

A BANANA E OS 10 ...

COMA 1 BANANA TODOS OS DIAS - E EM ...

ADEPARÁ ALERTA PARA FOCO ...

A Agência de Defesa Agropecuária ...

Alerta ao câncer de ...

Alerta ao câncer de cabeça e ...

Has no connect to show!

pizaria mix ANUN Copy

Destaques

Doxa divulga pesquisa para ...

A Doxa publica sua primeira ...

Semana da Pátria 2018

De 31 de agosto a 06 de ...

A ararinha-azul foi ...

A ararinha-azul, que serviu ...

Paysandu tem na 26ª rodada um ...

Papão encerrou um jejum de ...

Papão perde mais uma e ...

São Bento 1 x 0 Paysandu - ...

AM CREDITOS

am Copy

Vídeo Destaque

Usuários Online

Temos 188 visitantes e Nenhum membro online

Curta nossa página

logo jt rodap

Nosso Endereço

  • Rua Benedito Padilha, AP-04 - Centro - Tracuateua - PA CEP: 68647-000 - Brasil
  • Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • (91) 98468-3055 / 98416-6497

Anuncie Aqui

Usuários Online

Temos 188 visitantes e Nenhum membro online